Mundo

20/10/2019 as 13:56

Manifestantes desafiam proibição e protestam em Hong Kong

Policiais usaram bombas de gás lacrimogêneo para conter atos

Agência Sputnik
Foto: Epa / AnsaFlash<?php echo $paginatitulo ?>

(ANSA) - Milhares de manifestantes tomaram as ruas de Hong Kong novamente neste domingo (20), ignorando a proibição imposta pelas autoridades locais, em mais um dia de protesto pró-democracia. Durante o ato, os manifestantes fizeram barricadas e dispararam fogos de artifício.

A polícia, por sua vez, respondeu a ofensiva utilizando bombas de gás lacrimogêneo para dispersar o grupo. O ato foi considerado ilegal pelas autoridades, que podem decretar a prisão dos envolvidos.

Vestidos de preto e mascarados, alguns dos militantes também representam a bandeira chinesa como uma suástica nazista. Ex-colônia britânica, Hong Kong é palco de protestos de massa desde junho passado, em função de um projeto de lei que previa a extradição de suspeitos para a China continental. A iniciativa já foi retirada pelo governo de Carrie Lam, mas os manifestantes continuaram nas ruas, agora para pedir democracia plena e o fim do abuso de poder por parte da polícia. (ANSA)