Economia

12/11/2019 as 12:35

Cadastro positivo é grande passo para compartilhamento de dado de crédito, diz BC

Mello disse, no entanto, que o compartilhamento de informações precisa se dar de maneira a proteger cidadão

fonte
Foto: Marcos Santos / USP<?php echo $paginatitulo ?>

Por Francisco Carlos de Assis
Um dia após os cinco maiores bancos e cem instituições terem começado a enviar as informações sobre seus clientes para SPC Brasil, Serasa, Boa Vista e Quod para inclusão no Cadastro Positivo, o diretor de Organização do Sistema Financeiro e de Resolução do Banco Central (BC), João Manoel Pinho de Mello, destacou que o cadastro é um grande passo para o compartilhamento de dados de crédito.

O diretor participa na manhã desta terça-feira, 12, do 14º Seminário Internacional da Acrefi (Siac), em São Paulo. Mello disse, no entanto, que o compartilhamento de informações precisa se dar de maneira a proteger cidadão.

"A Lei Geral de Proteção de Dados celebra que os dados do cidadão são de sua propriedade e se nós formos compartilhar informações para que o crédito possa fluir de forma barata e para compensar o bem, temos que fazê-lo com segurança, porque os revezes podem ser duros", disse o diretor. "O Cadastro positivo é um grande passo no compartilhamento de informações para concessão de crédito. Não há nenhum país em que o sistema financeiro funcione bem que não haja um birô de crédito que penetre com informação completa sobre isso", comentou.

Para Pinho Mello, não há dúvida de que o Cadastro Positivo resultará em mais crédito.